CooperRita realiza primeira exportação de café

31/03/2021

Desde 2018, a CooperRita iniciou um projeto para Exportação Direta de Café, procurando um espaço no mercado externo em busca de melhores preços para o produtor. Em 2019, a CooperRita participou de feiras e eventos no exterior, a fim de divulgar a cooperativa e de se fazer presente no mercado global de café. Várias negociações foram realizadas com países ao redor do mundo e muitas amostras foram encaminhadas e provadas por diversas cafeterias, importadores e q-graders independentes.

No ano de 2020 foi iniciada uma negociação com um comprador de café nos Estados Unidos e um lote de 178 sacas de café de 60kg foi vendido. É a primeira exportação direta da CooperRita, em que ela passa a integrar oficialmente o quadro de exportadores de café do Brasil. Os lotes que compõem esta exportação são de qualidade e perfil selecionados pela compradora, mas que representam toda a região.

 Foram solicitados cafés produzidos por mulheres, cafés com Selo de Origem e Procedência- Mantiqueira de Minas, cafés com perfis sensoriais específicos e também de processo Yellow Honey. Dados da CECAFÉ- Conselho dos Exportadores de Café do Brasil, apontam que, apesar da pandemia, o volume de embarques de café em 2020 bateu recorde de 40,4 millhões de sacas de 60kg, representando um incremento de 10,2% em relação ao ano anterior. Para 2021, apesar da incerteza gerada pela falta de chuvas em 2020, espera-se que o volume exportado se mantenha. A CooperRita, por meio   da Associação dos Cafeicultores do Vale do Sapucaí- ACAV, tem negociado lotes de café Fair Trade. O mercado de café Fair Trade é mais limitado, porém, oportunidades de participar em negócios têm surgido.

Desde o final de 2020, a cidade de Santa Rita do Sapucaí passou a integrar a Rota do Café. Um importante reconhecimento para o município onde a CooperRita foi fundada e abriga a maior parte de seus cooperados. Fazer parte da Rota do Café e estar localizada na Mantiqueira de Minas, conferem à CooperRita elementos essenciais que reforçam a tradição, origem e qualidade dos cafés produzidos na cidade e na região. Para 2021, a CooperRita deverá estar mais presente no mercado externo e, com o passar dos anos, expandindo para novos mercados.